Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

MUITO ALÉM DO QUINTAL

Imagem
CAMPO GRANDE TEM CRESCIMENTO DE ESCOTEIROS
O Grupo de Escoteiro Atalaia de Campo Grande está cada dia mais forte, neste ano teve mais de 45% de crescimento com atividades educativas que fazem com que tenha mais procura. Uma das suas atividades do 59º Grupo de Escoteiro Atalaia é reflorestar e o recolhimento de óleo de cozinha usado para reciclagem. Informações: www.escoteirosatalaia.org

PROMESSA DE CRIVELLA É READEQUAÇÃO DO BRT MARIA TEREZA
Uma das promessas de Campanha é da readequação da estação do BRT Maria Tereza frente ao Hiper Extra no centro de Campo Grande. O Prefeito Marcelo Crivella disse recentemente que vai cumprir. A derrubada da estação nunca inaugurada e que atrapalham o trânsito e

FESTA DO CAQUI VAI MOVIMENTAR A CIDADE MARAVILHOSA JUNTO AO POLO GASTRONÔMICO, CULTURAL E TURÍSTICO DO RIO DA PRATA

Imagem
A 4ª edição da "Festa do Caqui Rio da Prata" será a atração do calendário de eventos e do turismo local, buscando revelar talentos da cultura e das artes, nos dias 29 de abril, sábado, de 9 h até17 horas, dia 30 de abril, domingo, de 9 h até 17 horas e dia, 1 de maio, feriado, segunda feira, de 9 h até 17 horas.

Estaremos aguardando os amigos, clientes, simpatizantes e parceiros da boa alimentação saudável, que serão voltados para o fortalecimento da cadeia de orgânicos, cheio de atrações culturais, de educação ambiental e voltadas para o social. Neste ano, a FESTA DO CAQUI RIO DA PRATA, busca, por um estilo de vida mais saudável, preocupado com a sustentabilidade do planeta, que estão cada vez mais presentes a cada ano, e no dia-a-dia  dos consumidores, provocando crescimento consistente do consumo de produtos orgânicos, na cidade maravilhosa, ora, Rio da Prata, aonde se espera aproximadamente umas 5000 pessoas, nesses três dias de festividade.
O evento, já está virando um m…

Dra. Rita Caseiro falando sobre o Rio da Prata

Imagem

HISTÓRICO DA COMUNIDADE REMANESCENTE DE QUILOMBOLA DONA BILINA DA SERRA DO RIO DA PRATA DE CAMPO GRANDE

Imagem
Hoje é um dia histórico para um pouco resistente, povo que luta há mais de 300 anos para manter viva sua história e suas memórias, “povo da floresta, da roça”, que parece invisível, pois as leis insistem em fingir que eles não existem, não reconhecendo a agricultura no Município e não querendo reconhecer sua situação de População Tradicional. Povo que ainda transporta suas compras e mercadorias da roça no lombo de burros, que não tratados como tais, mais sim como amigos de trabalho na vida sofrida. Povo que insiste em gritar “estou aqui, existo, insisto e resisto...” Povo descendente de negros escravizados, dentre outras etnias, que mesmo tendo se tornado um pouco “embranquecido”, mas que ainda guardam dentro do peito o sentimento de pertença de seus ancestrais negros, reafirmando seus traços e miscigenação genealógica - cultural, bem como a cultura da agricultura que é seu maior legado preservado até hoje. Entendemos que a trajetória da época no Rio da Prata foi ocupada por muitos euro…